Papa Francisco condena brutal ataque do Estado Islâmico em Manchester

VATICANO, 23 Mai. 17 / 09:56 am (ACI).- Por meio de um telegrama assinado pelo Secretário de Estado Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, em nome do Papa Francisco, o Santo Padre condenou o atentado terrorista que aconteceu na noite de segunda-feira e ofereceu orações pelas vítimas e suas famílias.

No telegrama, o Cardeal assinala que o Pontífice se sente “profundamente entristecido pelos feridos e a trágica perda de vidas causadas pelo brutal ataque em Manchester”.

Além disso, “expressa sua sincera solidariedade a todos os afetados por este ato de violência sem sentido. Elogia os generosos esforços do pessoal de emergência e de segurança e oferece seu apoio e orações pelos feridos e por todos os que faleceram”.

“Consciente de forma particular da existência de crianças e adolescentes entre os que perderam a vida, e da aflição de seus familiares, o Papa Francisco invoca as bênçãos do Deus da paz pela cura e o fortalecimento da nação”, concluiu.

O atentado aconteceu na entrada na Arena Manchester, durante o show da cantora norte-americana Ariana Grande, e causou a morte de 22 pessoas, enquanto outras 59 ficaram feridas.

Segundo informaram as autoridades britânicas, trata-se de um atentado suicida que foi reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico mediante uma mensagem publicada na agência de notícias Amaq, vinculada ao grupo jihadista.

2017-05-23T13:40:35+00:00 0 Comments

FAÇA SEU COMENTÁRIO